Elementos clássicos são indispensáveis na composição de um ambiente, seja pela estética, pela qualidade ou mesmo pelo conceito da peça. Entretanto, para fugir do previsível, nada melhor do que adicionar porções do pitoresco aqui e ali. As surpresas na decoração tornam o espaço muito mais animado, assim como valorizam a ideia de uma convivência alegre e aconchegante.

A utilidade e o visual impressos pelas tradicionais prateleiras tornam-nas praticamente essenciais, auxiliando na organização e proporcionando espaço para inúmero tipos de objetos e enfeites. Podem ser extremamente simples, feitas fundamentalmente de um pedaço de madeira ou metal, mas designers e decoradores criativos desenvolveram versões inusitadas e belíssimas mundo afora. De básicas, essas prateleiras não têm nada.

Dizem que a necessidade é a mãe da criatividade, porém, em se tratar do design contemporâneo, a sustentabilidade é a fonte materna de ideias inventivas. O reaproveitamento de materiais e elementos que poderiam ser descartados é uma das mais fortes tendências criativas da atualidade. O corpo de um violão, uma prancha de skate, uma escada ou mesmo uma televisão antiga podem ser transformados em úteis, temáticas e bonitas prateleiras.

Malas de viagem – principalmente as de estilo retrô – são também ótimas matérias-primas para prateleiras cheias de estilo. E em uma brincadeira de inversão de papéis, os livros podem formar elegantes versões da peça na qual se costuma organizá-los.

Um objeto que inesperadamente saiu do chão e foi parar nas paredes é a cadeira. De diversas maneiras, transforma-se em prateleiras de ares rústicos, ideais para áreas como a varanda ou o jardim.

Mesmo em propostas que não envolvem reciclagem, a criatividade entra em cena e resulta em prateleiras bastante peculiares e divertidas. Designers inovam e desenvolvem modelos com formas inusitadas e surpreendentes, explorando tanto a geometria, quanto o desenho de itens e símbolos, a exemplo das versões que imitam um galho de árvore ou o Yin-yang.

Impossível negar que há modelos em todos os estilos, então não tem desculpa para deixar as paredes no tédio.